Vendas de imóveis novos em São Paulo crescem 28,6% em novembro ante outubro

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014 07:23 BRST
 

10 Jan (Reuters) - As vendas de imóveis novos residenciais na cidade de São Paulo subiram 28,6 por cento em novembro em relação a outubro e atingiram 2.777 unidades, informou nesta sexta-feira o sindicato que representa o setor, Secovi-SP.

O sindicato não forneceu a base de comparação com novembro de 2012. Pelo divulgado em janeiro de 2013, as vendas na ocasião tinham sido de 2.601 unidades.

As vendas de imóveis de três dormitórios responderam por 37,6 por cento do volume de vendas e atingiram 1.044 unidades, em novembro, disse o Secovi.

A comercialização de imóveis em novembro passado alcançou 2,02 bilhões de reais, resultado 79,8 por cento maior que o do mês anterior.

Já no acumulado do ano até novembro, as vendas cresceram 27,1 por cento em relação a 2012, em um total de 30.528 unidades, disse o Secovi. O volume de vendas atingiu 17,8 bilhões de reais, alta de 37,4 por cento sobre 2012.

Considerando a região metropolitana de São Paulo, as vendas em novembro atingiram 6.375 imóveis em novembro, um crescimento de 38,1 por cento sobre outubro. No acumulado do ano, as vendas na região cresceram 20,9 por cento, para 52.402 unidades.

LANÇAMENTOS

Em novembro, foram lançadas 4.997 unidades residenciais novas em novembro de 2013, crescimento de 69,2 por cento sobre outubro, informou o Secovi, com base nos dados da Empresa Brasileira de Estudos do Patrimônio (Embraesp).

"Esse foi o melhor resultado em termos de volume de lançamentos registrado desde dezembro de 2011, mês em que foi ofertado o volume recorde de 7.240 unidades novas", disse o Secovi-SP, em nota.   Continuação...