AgRural mantém estimativa de safra de soja do Brasil apesar de focos de seca

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014 10:48 BRST
 

SÃO PAULO, 13 Jan (Reuters) - Focos de seca estão sendo registrados em algumas áreas produtoras de soja no Brasil, com destaque para o sul de Mato Grosso do Sul, mas a estimativa para uma safra recorde da oleaginosa ainda está mantida, disse nesta segunda-feira a consultoria AgRural.

A colheita da atual temporada 2013/14 foi projetada em 89,4 milhões de toneladas, mesmo volume previsto no final de novembro.

"Depois de um final de ano seco e quente em algumas das principais áreas produtoras de soja do país, janeiro começou com a volta das chuvas ao Sul, o que levou alívio às lavouras", disse a AgRural em nota.

Por outro lado, as chuvas sobre o Centro-Oeste têm tido distribuição muito irregular.

"Há focos de seca em alguns pontos, com destaque para o sul de Mato Grosso do Sul, que já vinha sofrendo com a irregularidade das precipitações desde o início da safra. Os efeitos da falta de umidade também são sentidos em alguns pontos do sudoeste de Goiás e no norte do Paraná."

A consultoria ressaltou que "não se pode falar em quebra de safra, ... mas o potencial das lavouras em algumas áreas do país já não deve ser o mesmo que o esperado inicialmente."

A AgRural aponta que a colheita em Mato Grosso --principal Estado produtor-- já chega a 1 por cento da área plantada.

(Por Gustavo Bonato)