Conselho da MMX aprova proposta de grupamento de ações

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014 10:49 BRST
 

SÃO PAULO, 13 Jan (Reuters) - O Conselho de Administração da MMX aprovou nesta segunda-feira a proposta de grupamento de ações da companhia à razão de seis para uma, de maneira que os 973.227.439 papéis ordinários da mineradora de Eike Batista sejam reduzidos para um total de 162.204.573 ações de mesma classe.

Segundo ata da reunião, as frações detidas por acionistas como resultado do grupamento serão "complementadas por frações de ações a serem doadas direta ou indiretamente pelo acionista controlador da companhia, Sr. Eike Fuhrken Batista".

Com isso, cada acionista receberá a fração necessária para "garantir a propriedade do próximo número inteiro de ações após a aplicação do fator de grupamento aprovado", complementou a MMX.

O Conselho da mineradora também aprovou a proposta de remuneração anual de até 19,215 milhões de reais para os administradores da companhia no exercício de 2014.

A empresa convocou uma assembleia geral extraordinária para o dia 29 de janeiro de 2014 para submeter as propostas aos seus acionistas, informou.

Às 10h40, a ação da MMX era negociada estável a 0,71 real. O índice Bovespa, do qual a mineradora saiu recentemente, operava em leve alta de 0,14 por cento no mesmo horário.

(Por Marcela Ayres)