13 de Janeiro de 2014 / às 21:38 / 4 anos atrás

Agronegócio do Brasil exporta US$99,97 bi em 2013; China vira maior cliente

SÃO PAULO, 13 Jan (Reuters) - As exportações do agronegócio do Brasil alcançaram a cifra recorde de 99,97 bilhões de dólares em 2013, alta de 4,3 por cento em relação a 2012, informou o Ministério da Agricultura nesta segunda-feira, destacando que a China superou a União Europeia como o principal destino das vendas do setor do país.

As importações do agronegócio cresceram 4 por cento, atingindo 17,06 bilhões de dólares, e o saldo do comércio exterior do setor foi positivo em 82,91 bilhões de dólares.

As vendas externas de soja em grão e derivados (farelo e óleo) somaram 30,96 bilhões de dólares, liderando a pauta do setor com 31 por cento das exportações.

Os embarques de soja em grão alcançaram o valor recorde de 22,81 bilhões de dólares, crescimento de 5,36 bilhões de dólares em relação a 2012, segundo o ministério.

A quantidade exportada passou de 32,9 milhões de toneladas para um recorde de 42,8 milhões de toneladas, o que representou 52,5 por cento da safra brasileira 2012/2013.

No embalo do crescimento das exportações de soja, a China, maior importadora global da oleaginosa, ultrapassou pela primeira vez a União Europeia como principal comprador de produtos do agronegócio brasileiro, adquirindo 22,88 bilhões de dólares, alta de 4,91 bilhões de dólares em relação a 2012.

A participação da China nas exportações subiu para 22,9 por cento em 2013, alta de 4,1 pontos percentuais, enquanto a participação da União Europeia caiu de 23,6 por cento em 2012 para 22,1 por cento em 2013.

OUTROS PRODUTOS

As vendas externas de carnes subiram de 15,74 bilhões de dólares em 2012 para 16,80 bilhões de dólares em 2013 (alta de 6,8 por cento).

A carne bovina se destacou pelo aumento do valor exportado (mais 15,9 por cento) e atingiu a cifra recorde de 6,66 bilhões de dólares em 2013, segundo o ministério.

Outro recorde histórico foi obtido nas vendas externas de milho, que somaram 6,25 bilhões de dólares, crescimento de 18,2 por cento em relação ao ano anterior.

O complexo sucroalcooleiro exportou 13,72 bilhões de dólares em 2013, queda de 8,8 por cento), obtendo a terceira posição dentre os principais setores exportadores do agronegócio.

Apesar da expansão de 11,6 por cento nos embarques de açúcar, que passaram de 24,34 milhões de toneladas para 27,15 milhões de toneladas, a queda de 17,4 por cento nos preços médios afetou o setor.

As vendas externas de álcool diminuíram 14,5 por cento em valor, atingindo 1,87 bilhão de dólares, com queda no preço e na quantidade.

PERSPECTIVAS

Segundo o ministério, diante da perspectiva de nova safra recorde, estimada em 196,6 milhões de toneladas, e da abertura de novos mercados, a perspectiva para o ano é de continuidade no crescimento das exportações do agronegócio.

No ano passado, no entanto, produtos agrícolas como a soja estavam com preços mais elevados.

Por Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below