Ações europeias fecham em alta, puxadas por avanço do setor farmacêutico

terça-feira, 14 de janeiro de 2014 17:05 BRST
 

Por Sudip Kar-Gupta

LONDRES, 14 Jan (Reuters) - As ações europeias subiram nesta terça-feira, impulsionadas por ganhos no setor farmacêutico e pela recuperação nas bolsas dos Estados Unidos após as vendas no varejo norte-americana subirem acima das previsões em dezembro.

Os investidores de longo prazo acreditam que a trajetória de alta do mercado acionário europeu até o fim de 2014 permanece intacta, mas alguns esperam um recuo de curto prazo caso os resultados corporativos frustrem as expectativas.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou em alta de 0,15 por cento, para 1.326 pontos. O índice de blue-chips da zona do euro Euro STOXX 50 subiu 0,24 por cento, para 3.119 pontos.

A ação da farmacêutica britânica AstraZeneca avançou 2,5 por cento depois de prever crescimento mais rápido do que os analistas antecipam. Já o papel da concorrente Shire ganhou 2,8 por cento depois de a empresa afirmar que o crescimento dos lucros em 2013 deve atingir a extremidade superior das suas previsões.

O desempenho das ações dessas empresas britânicas abriu caminho para a ação da francesa Sanofi fechar com alta de 1,3 por cento.

Juntas, as três empresas foram as que mais somaram pontos ao índice FTSEurofirst 300.

O chefe de alocação de ativos do banco suíço Gonet, Cyrille Urfer, acredita que as ações ainda são a melhor opção de investimento, devido aos melhores retornos oferecidos na comparação com títulos e dinheiro. "Não há alternativa em relação ao mercado de ações em termos de gerar os tipos de retorno que os investidores estão procurando ", disse Urfer.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,14 por cento, a 6.766 pontos.   Continuação...