Inflação da zona do euro desacelera em dezembro por efeito pontual na Alemanha

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014 09:29 BRST
 

Por Martin Santa

BRUXELAS, 16 Jan (Reuters) - A inflação da zona do euro desacelerou em dezembro, confirmou a agência de estatísticas da União Europeia nesta quinta-feira, o que o Banco Central Europeu (BCE) atribuiu na semana passada a uma mudança pontual no método de cálculo do avanço dos preços na Alemanha.

Os preços ao consumidor nos 17 países que compartilhavam o euro no ano passado tiveram avanço de 0,3 por cento na base mensal, e a taxa anual de inflação ficou em 0,8 por cento, abaixo da marca de 0,9 por cento em novembro mas um pouco acima da de outubro, de 0,7 por cento.

O BCE, que quer manter a inflação abaixo, mas próxima de 2 por cento no médio prazo, espera um período prolongado de inflação baixa mas não vê risco imediato de deflação.

"Estávamos todos cientes de que a desaceleração na taxa de inflação em dezembro... era, antes de tudo, esperada, e foi causada pelo ajuste técnico nas estatísticas da inflação de serviços da Alemanha", disse o presidente do BCE, Mario Draghi, na semana passada.

"Mas felizmente isso foi um evento único, portanto os dados de janeiro não serão distorcidos por isso", acrescentou.

O aumento mensal dos preços ao consumidor em dezembro deveu-se a uma alta de 0,6 por cento tanto em serviços quanto no altamente volátil custo da energia.

 
Presidente do BCE, Mario Draghi, em entrevista mensal do banco à imprensa em Frankfurt, 7 de novembro de 2013. A inflação da zona do euro desacelerou em dezembro, confirmou a agência de estatísticas da União Europeia nesta quinta-feira, o que o Banco Central Europeu (BCE) atribuiu na semana passada a uma mudança pontual no método de cálculo do avanço dos preços na Alemanha. 07/11/2013 REUTERS/Ralph Orlowski