Anac autoriza 1.973 novos voos durante a Copa do Mundo

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014 21:57 BRST
 

BRASÍLIA, 16 Jan (Reuters) - A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) atendeu os pedidos das companhias aéreas e autorizou a operação de 1.973 voos extras durante a Copa do Mundo no país neste ano, disse a agência nesta quinta-feira.

As rotas adicionais mais pedidas foram Fortaleza (CE)-Guarulhos (SP), com 205 voos; Santos Dumont (RJ)-Viracopos (SP), com 284 voos; Galeão (RJ)-Aeroparque (Argentina), com 242 voos; Brasília-Guarulhos, com 288 voos, e Galeão-Ezeiza (Argentina), com mais 262 voos.

Esses 1.973 voos extras fazem parte de um bloco de 80 mil voos alterados ou incluídos na malha para a realização do mundial.

Segundo o diretor-geral da Anac, Marcelo Guaranys, isso significa que cerca de 45 por cento da malha passarão por algum tipo de alteração durante a Copa do Mundo de Futebol.

A partir da próxima semana, as empresas aéreas deverão analisar as autorizações para pedir ajustes, se necessário. Segundo a Anac, novos slots podem ainda ser cedidos.

"O mais provável é que as rotas voltem ao normal após a Copa", segundo Guaranys.

Guaranys disse ainda que o governo vai acompanhar a evolução dos preços das passagens, trabalhando em conjunto com órgãos de defesa dos consumidores e com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

O próximo passo da agência reguladora será analisar os slots para voos não-regulares (como aviões fretados) para a primeira fase do mundial, cujo calendário já está definido.

(Por Leonardo Goy)