Uso da capacidade instalada na indústria cai a 82% em novembro--CNI

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014 11:49 BRST
 

SÃO PAULO, 17 Jan (Reuters) - A utilização da capacidade instalada na indústria brasileira caiu em novembro ante o mês anterior, assim como o faturamento real e as horas trabalhadas, destacando a fraqueza do setor no final de 2013.

Dados dessazonalizados da Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgados nesta sexta-feira mostram que o uso da capacidade instalada caiu a 82,0 por cento em novembro, ante 82,2 por cento em outubro segundo números revisados após divulgação anterior de 82,1 por cento.

A CNI informou ainda que, em novembro, o faturamento real dessazonalizado da indústria caiu 1,8 por cento frente a outubro, terceiro resultado negativo seguido.

As horas trabalhadas na produção recuaram 0,6 por cento em novembro na comparação com o mês anterior, enquanto o emprego avançou 0,1 por cento, informou a CNI. A massa salarial, por outro lado, teve alta de 0,8 por cento no mesmo período, mas o rendimento médio ficou estável.

No acumulado de 2013 até novembro, em comparação a igual período do ano anterior, houve alta de 4,0 por cento no faturamento real, de 0,1 por cento nas horas trabalhadas, e de 0,7 por cento no emprego.

Em novembro, a produção industrial divulgada pelo IBGE mostrou queda de 0,2 por cento sobre outubro, interrompendo três meses seguidos de alta.

O resultado destaca a fraqueza do setor, que mostrou em 2013 desempenhos erráticos que atrapalharam a recuperação da economia como um todo.

(Por Camila Moreira)