17 de Janeiro de 2014 / às 15:58 / em 4 anos

Vale lidera exportação no Brasil em 2013; Petrobras perde espaço

Por Fabíola Gomes

SÃO PAULO, 17 Jan (Reuters) - A mineradora Vale manteve liderança nas exportações brasileiras de empresas em 2013, enquanto a Petrobras perdeu participação nos embarques totais do período, informou a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) nesta sexta-feira.

As exportações da Vale, maior produtora global de minério de ferro, somaram 26,50 bilhões de dólares em 2013, contra 25,57 bilhões de dólares em 2012 (alta de 3,6 por cento), mantendo participação sobre as vendas externas totais do país perto de 11 por cento, segundo o levantamento da Secex.

O volume maior exportado e o aumento do preço médio da tonelada de minério de ferro, principal produto da Vale, contribuíram para o ganho de receita da mineradora no período.

Os embarques de minério de ferro (e concentrados) do Brasil no ano passado somaram 329,64 milhões de toneladas, com alta de 0,95 por cento, segundo levantamento da Secex --a Vale responde pela grande maioria das exportações dessa commodity.

Já o preço do médio da tonelada comercializada pelo Brasil avançou 3,86 por cento em 2013, para 98,57 dólares por tonelada.

A Petrobras, segunda no ranking das exportadoras do Brasil, viu a receita com os embarques cair para 13,85 bilhões de dólares, 37,4 por cento abaixo do total de 2012, num momento em que a produção de petróleo da empresa está praticamente estagnada. Além disso, a estatal tem exportado menos com o objetivo de atender ao mercado interno de combustíveis crescente.

Dessa forma, a participação da Petrobras nas exportações totais do Brasil recuou para 5,72 por cento, contra 9,11 por cento apurados em 2012.

A multinacional do agronegócio Bunge, com sede nos Estados Unidos, importante trading e processadora de grãos, encerrou o ano como terceira maior exportadora. Os embarques da companhia somaram 7,24 bilhões de dólares, incremento de 14,6 por cento ante 2012, em meio a uma safra recorde no país no ano passado.

As vendas da Bunge corresponderam a 2,99 por cento do total comercializado pelo Brasil em 2013. No ano anterior, esta fatia da multinacional estava em 2,61 por cento.

A BRF, maior produtora e exportadora de carne de frango do país, ficou em quarto lugar no ranking das exportações, com vendas que somaram 5,1 bilhões de dólares, quase o dobro do valor apurado em 2012.

Em 2012, a Secex ainda contabilizou separadamente os dados de Sadia e da BRF --empresa criada com a aquisição da Sadia pela Perdigão. No dado referente ao ano passado, a secretaria informou apenas os dados sobre a BRF, sem mencionar Sadia em sua lista.

O volume de carne de frango exportado por todas as empresas do setor no Brasil em 2013 recuou 0,22 por cento, para 3,55 milhões de toneladas. Apesar do leve recuo no embarque, o aumento do preço médio da tonelada no ano de 4,2 por cento, para 1.971 dólares por tonelada, ajudou a BRF.

A BRF elevou sua participação para 2,11 por cento no ano passado, ante 1,07 por cento registrado ao final de 2012.

Veja no link a lista da Secex das principais empresas nas exportações brasileiras: here

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below