Levantamento de capital é visto como última opção para bancos alemães

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014 17:22 BRST
 

FRANKFURT, 17 Jan (Reuters) - Bancos alemães devem preferir se remodelar a recorrer aos mercados para obter mais caixa frente aos próximos testes de estresse, disseram fontes do setor financeiro e analistas nesta sexta-feira, um dia após o maior regulador alemão, o Bafin, afirmar que alguns bancos podem enfrentar insuficiência de capital.

Qualquer banco com dificuldades em seguir as exigências regulamentares vai reter lucros, cortar dividendos, vender ativos de risco ou rebalancear a estrutura de capital à medida que a data de testes se aproxima, afirmaram analistas.

"Esperar pelos resultados pode ser arriscado", disse Stefan Best, diretor administrativo da agência de classificação de risco Standard & Poors em Frankfurt. "Basta imaginar que vários bancos mais fracos teriam de levantar capital ao mesmo tempo."

O Banco Central Europeu (BCE) vai realizar revisões da qualidade dos ativos dos 128 maiores credores da zona do euro como parte de uma avaliação completa antes de assumir a supervisão das instituições no lugar de autoridades nacionais, em novembro.

A presidente do Bafin, Elke Koenig, disse na última quinta-feira que os testes "poderiam revelar necessidades adicionais de capital em alguns bancos".

Os parâmetros para os testes, que avaliam os balanços dos bancos em cenários adversos para testar sua robustez, ainda têm que ser decididos pelo BCE.

(Reportagem de Jonathan Gould)