Gecas pode fazer pedido por 40 aviões da Boeing avaliados em US$4 bi--fontes

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014 10:19 BRST
 

DUBLIN, 20 Jan (Reuters) - A Gecas, maior empresa de leasing de aeronaves do mundo, está perto de fechar uma encomenda de cerca de 40 jatos da Boeing, disseram fontes da indústria nesta segunda-feira.

O pedido pode incluir o renovado avião 737 MAX, projetado para economizar combustível com a introdução de novos motores a partir de 2017, e o modelo mais vendido da companhia no momento, o 737-800.

A encomenda valeria cerca de 4 bilhões de dólares a preços de tabela, se dividida igualmente entre os dois modelos.

Tanto a Boeing quanto a Gecas se recusaram a comentar.

A Gecas é de propriedade da General Electric, que faz os motores para a família de jatos 737 em uma joint-venture transatlântica que é de co-propriedade da francesa Safran.

Em outubro de 2012, a Gecas fez um pedido de 75 jatos Boeing 737 MAX e 10 atuais 737-800, com opções para até 15 modelos 737-800 adicionais. O Boeing 737 concorre com o A320, da Airbus.

(Por Tim Hepher)