AgRural reduz estimativa de safra de soja do Brasil para 88,8 mi t

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014 10:55 BRST
 

SÃO PAULO, 20 Jan (Reuters) - A consultoria AgRural reduziu sua estimativa para a safra brasileira de soja em 2013/14 para 88,8 milhões de toneladas, contra 89,4 milhões em dezembro, devido a perdas de produtividade em algumas áreas produtoras.

A AgRural citou a irregularidade de chuvas e um período de estiagem em dezembro, afetando principalmente Mato Grosso do Sul e Goiás.

"Agora, os dois Estados têm produtividade estimada em 48,3 e 50 sacas por hectare, respectivamente, contra 51,7 e 52 sacas na estimativa de dezembro", disse a consultoria nesta segunda-feira, em nota.

A redução na projeção da safra só não foi maior porque a estimativa da área plantada cresceu para 29,47 milhões de hectares, contra 29,34 milhões da projeção de dezembro.

"As chuvas voltaram ao Mato Grosso do Sul, especialmente na porção sul do Estado, e produtores com soja pronta no campo agora esperam aberturas de sol para colher. As chuvas são bem-vindas para as lavouras ainda em desenvolvimento, mas chegaram tarde demais para a soja precoce", disse a AgRural.

Em Mato Grosso --principal Estado produtor-- a colheita de soja já avança para 4 por cento da área plantada, contra índice de 3 por cento há um ano.

"Em Sapezal, onde a colheita chegou a 15 por cento com produtividade média em 54 sacas por hectare, os comentários são de que esta será a melhor safra já colhida na região, caso o tempo não mude nas próximas semanas", disse a AgRural.

(Por Gustavo Bonato)

 
Plantação de soja em fazenda em Primavera do Leste, no Mato Grosso, 7 de fevereiro de 2013. A consultoria AgRural reduziu sua estimativa para a safra brasileira de soja em 2013/14 para 88,8 milhões de toneladas, contra 89,4 milhões em dezembro, devido a perdas de produtividade em algumas áreas produtoras. 07/02/2013 REUTERS/Paulo Whitaker