Confiança do consumidor paulistano atinge menor nível desde 2009--Fecomercio

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014 12:08 BRST
 

SÃO PAULO, 20 Jan (Reuters) - A confiança do consumidor paulistano caiu 17,9 por cento em janeiro ante igual mês do ano passado, ao menor patamar desde março de 2009, informou nesta segunda-feira a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Apurado pela Fecomercio junto a cerca de 2.100 consumidores em São Paulo, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) chegou a 131,7 pontos no primeiro mês de 2014, queda de 3,5 por cento sobre dezembro. O indicador varia de 0 a 200 pontos, com o patamar mais baixo apontando total pessimismo.

A entidade citou fatores como inflação crescente, elevação dos gastos com impostos, reajuste do combustível e tendência de baixa expansão da renda e economia para justificar a diminuição do otimismo das famílias.

O ICC é formado pelo Índice das Condições Econômicas Atuais (ICEA), que caiu 16,6 por cento em janeiro sobre o mesmo mês de 2013, e pelo Índice das Expectativas do Consumidor (IEC), que recuou 18,8 por cento na mesma base de comparação.

(Por Marcela Ayres; Edição de Alexandre Caverni)