Regulador alemão visitará sede do Deutsche Bank em Londres em investigação sobre câmbio

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014 16:58 BRST
 

LONDRES, 20 Jan (Reuters) - Representantes do órgão regulador do setor financeiro alemão, o Bafin, visitarão a sede em Londres do Deutsche Bank, maior banco da Alemanha, conforme aceleram as investigações sobre uma suposta manipulação no mercado de câmbio, afirmou uma fonte familiar com o processo nesta segunda-feira.

A visita se seguirá à suspensão de operadores em Nova York na semana passada e à chegada de reguladores dos Estados Unidos à sede londrina do Citigroup, marcando uma escalada da investigação global.

A revista alemã "Der Spiegel" noticiou no domingo que o Bafin está estabelecendo uma investigação considerada especial e que colocou o caso no topo de sua lista de prioridades.

O Bafin não estava imediatamente disponível para comentar o tema.

O Deutsche Bank recusou-se a comentar, e fez referência a um comunicado anterior em que afirmou estar cooperando com tais investigações. O banco acrescentou que tomará medidas disciplinares contra indivíduos, se necessário.

A fonte não disse quando as visitas ocorrerão ou se as autoridades do Bafin também pretendem comparecer ao escritório sede do Deutsche Bank em Nova York.

As taxas de câmbio internacionais de referência são a pedra angular dos mercados financeiros globais, empregadas para precificar trilhões de dólares em investimentos e negócios e utilizadas por companhias, investidores e bancos centrais.

(Reportagem de Jamie McGeever)