Novartis planeja cortar mais de 500 empregos na divisão farmacêutica

terça-feira, 21 de janeiro de 2014 12:14 BRST
 

ZURIQUE, 21 Jan (Reuters) - A empresa farmacêutica suíça Novartis planeja cortar mais de 500 postos de trabalho em sua divisão farmacêutica no país, liberando recursos para apoiar o lançamento de novos produtos, disse a empresa nesta terça-feira.

A reorganização acontece num momento em que o novo presidente, Joerg Reinhardt, lança uma nova perspectiva sobre as operações da empresa como parte de uma revisão do portfólio.

A companhia afirmou que as mudanças devem levar a uma equalização entre o número de empregos cortados e criados este ano e espera que seu quadro de funcionários mantenha-se estável no país em cerca de 15 mil postos de trabalho.

A maioria nas funções de suporte e operação na área de desenvolvimento.

Ao mesmo tempo, a companhia planeja adicionar centenas de posições em áreas de desenvolvimento oncológico, produção de medicamentos sem prescrição médica, gestão de produção e cadeia de suprimentos em sua unidade de genéricos Sandoz.

(Reportagem de Caroline Copley)