Moody's pode rebaixar rating de debêntures de sociedade do governo de Minas Gerais

terça-feira, 21 de janeiro de 2014 20:39 BRST
 

SÃO PAULO, 21 Jan (Reuters) - A Moody's colocou em revisão para possível rebaixamento os ratings em escala global e nacional de 158 milhões de reais em papéis emitidos por uma sociedade de propósito específico do governo de Minas Gerais e garantidos pela arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

A terceira emissão de debêntures emitidas pela Minas Gerais Participações foi colocada em revisão diante do fato de os créditos tributários que garantem os títulos terem ficado aproximadamente 5,9 por cento abaixo do cenário de estresse elaborado pela Moody's, segundo comunicado divulgado nesta terça-feira.

Essas notas são lastreadas por 60 por cento da arrecadação decorrente do parcelamento de créditos tributários de ICMS devidos por contribuintes ao governo mineiro.

A decisão de colocar em revisão também veio depois de o índice de cobertura do serviço da dívida ter ficado abaixo do nível mínimo exigido nos meses de abril, junho e setembro do ano passado.

"A ação de rating é conduzida pela deterioração no desempenho da operação que levou a inúmeros descumprimentos do índice mínimo de cobertura do serviço da dívida (IC) e inconsistências nas informações divulgadas", disse a Moody's em comunicado.

Os detentores das debêntures vão se reunir em assembleia na quinta-feira para decidir se a transação deve entrar em liquidação antecipada.

"No contexto de uma deterioração do desempenho da carteira, a Moody's acredita que uma liquidação antecipada da operação seria positiva para o crédito", informou a agência em comunicado.

(Reportagem de Guillermo Parra-Bernal)