21 de Janeiro de 2014 / às 23:26 / em 4 anos

Gol reduz oferta em 2013 abaixo do previsto com voos extras em dezembro

RIO DE JANEIRO, 21 Jan (Reuters) - A Gol reduziu a oferta de voos no mercado doméstico em 2013 abaixo do que previa com a oportunidade de receita adicional em dezembro, enquanto observou novos incrementos em indicadores de preços de passagens e receita por passageiro.

“A companhia demonstrou flexibilidade e respondeu rapidamente à oportunidade de aumento da receita, refletida no crescimento de voos extras e fretamentos no mês de dezembro”, disse a Gol em comunicado nesta terça-feira.

No ano passado, a empresa promoveu uma estratégia de redução na oferta para fazer frente a uma demanda que cresce em ritmo menor em um cenário de preços elevados de combustível.

Desta forma, apesar da alta da demanda e da oferta no sistema doméstico em dezembro, os indicadores apresentaram recuo no fechamento de 2013.

Em dezembro, a oferta no mercado doméstico subiu 11,8 por cento ante mesmo mês de 2012, e encerrou 2013 com queda de 7,4 por cento.

“Em função da oportunidade de receita adicional observada em dezembro e o aumento de ASKs (oferta) nesse mês, a redução na oferta foi 1,6 ponto percentual inferior à projeção anunciada para 2013”, disse a Gol, que previa uma redução da oferta de 9 por cento no passado.

No sistema total da companhia, a oferta cresceu 12,6 por cento em dezembro e caiu 4,3 por cento no ano. Já a demanda subiu 19,6 por cento no mês passado e fechou 2013 com recuo de 4,7 por cento.

A companhia aérea também informou nesta terça-feira que o indicador que mede os preços de passagens (yield) cresceu 19 por cento em dezembro, na comparação com o mesmo período de 2012.

O yield ficou entre 25,9 centavos e 26,4 centavos de real no mês passado, praticamente em linha com o resultado do mês anterior, quando ficou entre 26 centavos e 26,5 centavos. O indicador encerrou o ano com aumento de 18 por cento.

A receita por passageiro (prask líquido), por sua vez, cresceu 26 por cento na mesma base de comparação e também fechou 2013 com alta de 18 por cento.

Segundo a Gol, em dezembro o preço médio do combustível subiu 3 por cento ante o mesmo mês de 2012, devido à depreciação do real no período de formação de preço do produto. Já no ano, o preço médio do combustível cresceu 4 por cento.

Por Juliana Schincariol; edição Luciana Bruno

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below