Relator do Cade conclui que empresas de cimentos combinaram preços

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014 17:52 BRST
 

BRASÍLIA, 22 Jan (Reuters) - O conselheiro Alessandro Octaviani, relator no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) do caso da suspeita de cartel do cimento, relatou em seu voto que algumas das principais cimenteiras do Brasil combinaram preços, dividiram entre si mercados e clientes e agiram para impedir a entrada de novos concorrentes.

Octaviani segue lendo seu voto em sessão plenária do Cade. Até o fim da sessão, ele deve anunciar sua decisão e eventuais punições, que terão ainda de ser validadas, provavelmente ainda nesta quarta-feira, pelo plenário do Cade.

O caso da suspeita de cartel dos cimentos é investigado desde 2006. Em 2011, a Secretaria de Direito Econômico (SDE) havia recomendado a condenação das empresas Holcim, Cimpor, Votorantim, Camargo Corrêa (InterCement), Itabira Agro Industrial e Companhia de Cimentos Itambé.

(Por Leonardo Goy)