McDonald's vê menos clientes no 4º tri, espera janeiro fraco

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014 16:35 BRST
 

23 Jan (Reuters) - O McDonalds divulgou nesta quinta-feira vendas trimestrais mais fracas que o esperado em suas lanchonetes mais antigas, com menos consumidores frequentado a rede de fast-food, e alertou que as vendas novamente ficarão aquém das expectativas dos analistas em janeiro.

A maior rede de restaurantes do mundo por receita informou vendas decepcionantes por cinco trimestres consecutivos, afetadas por tropeços operacionais, fraca demanda e intensa concorrência de rivais como a rede Wendy e o Burger King.

E os esforços do presidente-executivo Don Thompson para elevar o lucro desde que assumiu o cargo há 18 meses- incluindo ajustes no menu e mudanças de gestão- não deram frutos.

O executivo também está sofrendo pressão em meio à queda das ações da empresa. O papel subiu apenas 7 por cento desde que Thompson assumiu como CEO em julho de 2012, bem atrás do salto de 27 por cento do índice Dow Jones Industrial Average, do qual a companhia faz parte.

As vendas globais em restaurantes abertos há pelo menos 13 meses caíram 0,1 por cento no quarto trimestre, em parte devido ao rigoroso clima de inverno nos Estados Unidos. Analistas esperavam que as vendas da empresa melhorassem em janeiro, em parte porque a rede mostrou vendas fracas no mesmo mês de 2013.

O McDonald's tem cerca de 7 vezes as vendas combinadas de Wendy e Burger King, mas teve menos sucesso que os rivais em atrair consumidores com promoções limitadas.

O lucro líquido do quarto trimestre foi de 1,4 bilhão de dólares, ou 1,40 dólar por ação. A receita total da companhia subiu 2 por cento, para 7,09 bilhões de dólares.

A receita total cresceu 2 por cento para 7,09 bilhões de dólares.

Analistas esperavam, em média, um lucro de 1,39 dólar por ação sobre receita de 7,11 bilhões de dólares, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

(Por Lisa Baertlein)