Ações asiáticas têm queda por ansiedade com China

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014 07:48 BRST
 

Por Dominic Lau

TÓQUIO, 24 Jan (Reuters) - As ações asiáticas atingiram mínima em 4 anos e meio nesta sexta-feira, ampliando a fraqueza do dia anterior depois que dados desanimadores da indústria chinesa levantaram preocupações quanto à economia.

Às 7h41 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 1,13 por cento, intensificando a queda de 1,3 por cento do pregão anterior após a divulgação do relatório de atividade industrial da China.

Com a valorização do iene frente ao dólar, o índice japonês Nikkei caiu 1,94 por cento para mínima de fechamento em um mês, ampliando a queda de 0,8 por cento da quinta-feira.

"A confiança já estava fraca por causa dos dados fracos de empregos dos Estados Unidos divulgados mais cedo neste mês, e a fraqueza foi exacerbada pelos dados chineses", disse Naoki Kamiyama, diretor de estratégia acionária do Bank Of America Merrill Lynch, .

A queda do Índice dos Gerentes de Compras (PMI) preliminar industrial da China, a segunda maior economia do mundo, reforçou as inquietações acerca do crescimento global, especialmente nos mercados emergentes ligados a commodities.

(Reportagem adicional de Ayai Tomisawa e Hideyuki Sano em Tóquio)