Receita da Xerox não atinge estimativas de Wall Street

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014 11:54 BRST
 

24 Jan (Reuters) - A Xerox, mais conhecida como fabricante de impressoras e copiadoras, divulgou nesta sexta-feira uma receita trimestral menor que o esperado conforme o crescimento em seu negócio de serviços estagnou.

A divisão de serviços, que administra negócios que vão de sistemas de pedágio a programas de saúde, não conseguiu registrar crescimento pela primeira vez desde 2009, quando a Xerox entrou no negócio através da compra da Affiliated Computer Services.

A companhia tem focado no negócio conforme empresas conscientes sobre custos imprimem menos e a computação pessoal se move em direção a tablets e smartphones, pressionando seu negócio tradicional de impressoras e copiadoras.

A receita do negócio de impressão da Xerox caiu 6 por cento para 2,4 bilhões de dólares no trimestre encerrado em 31 de dezembro. O negócio de serviços gerou receita de 3 bilhões de dólares.

A receita total caiu 3,4 por cento para 5,57 bilhões de dólares.

O lucro líquido de operações continuadas atribuível à Xerox caiu para 310 milhões de dólares, ou 0,25 dólar por ação, ante 334 milhões de dólares, ou 0,26 dólar por papel, um ano antes.

Excluindo itens, a companhia teve lucro de 0,29 dólar por ação.

A receita total caiu 3,4 por cento para 5,57 bilhões de dólares.

Analistas em média esperavam lucros de 0,29 dólar por ação e receita de 5,64 bilhões de dólares, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A companhia também fez projeção de lucro ajustado por ação entre 0,23 e 0,25 dólar por papel nos três meses até 31 de março, o que está em linha com a estimativa média entre analistas de 0,24 dólar por ação.

(Por Sruthi Ramakrishnan em Bangalore)