Honda é primeira montadora japonesa a ser exportadora líquida dos EUA

terça-feira, 28 de janeiro de 2014 09:19 BRST
 

28 Jan (Reuters) - A Honda exportou mais carros dos Estados Unidos a outros países do que importou ao país, um feito inédito entre as grandes montadoras japonesas.

Mais de 30 anos após ter começado a fabricar carros nos EUA, a divisão norte-americana da companhia disse que exportou 108.705 veículos das marcas Honda e Acura em 2013 para fora dos EUA. A companhia importou 88.537 veículos do Japão ao mercado norte-americano.

Rick Schostek, vice-presidente-executivo da Honda para a América do Norte, disse a repórteres em uma teleconferência que o marco "tem sido preparado há 30 anos". Os veículos exportados totalizaram um valor de 2,658 bilhões de dólares.

O status de exportador líquido é também produto de um importante investimento recente - a Honda investiu mais de 2,7 bilhões de dólares na expansão de suas fábricas norte-americanas nos últimos três anos. Isso faz parte de uma estratégia que tem o objetivo de impulsionar a produção nos EUA e fabricar carros mais perto dos mercados onde eles são vendidos, disse Schostek.

A Honda exportou carros para 50 países a partir de fábricas nos EUA no ano passado, mas a maior parte da produção foi para o México. A Honda não incluiu as exportações para o Canadá em seus números de exportação a partir dos EUA.

A empresa agora tem sete fábricas de montagem na América do Norte, incluindo quatro nos Estados Unidos. Uma oitava fábrica em Celaya, no México, será aberta no mês que vem e fabricará o subcompacto Honda Fit.

A Honda disse que 95 por cento dos veículos que ela vende na América do Norte são feitos em fábricas locais.

(Por Bernie Woodall)