Ações europeias avançam por dados dos EUA, mas continuam vulneráveis

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014 16:11 BRST
 

Por Atul Prakash

LONDRES, 30 Jan (Reuters) - As ações europeias fecharam em alta nesta quinta-feira, após recuarem na primeira parte do pregão, puxadas pelo resultado do crescimento econômico dos Estados Unidos e por compras desencadeadas por níveis sobrevendidos.

Apesar do desempenho desta sessão, os mercados europeus permanecem vulneráveis devido às preocupações com os países emergentes.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, avançou 0,33 por cento, para 1.294 pontos. O índice chegou a cair a 1.281 pontos na mínima da sessão, mas bateu 1.298 pontos na máxima da sessão após a divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA.

Dados mostraram que a economia dos EUA estava em terreno sólido no quarto trimestre, crescendo no ritmo anual de 3,2 por cento.

"Níveis 'sobrevendidos' no curto prazo e números de crescimento razoavelmente bons nos EUA atraíram alguns compradores de volta aos mercados", disse o estrategista para ações do UniCredit, Christian Stocker, em Munique.

"Mas investidores estão muito céticos. Eles querem estar otimistas, mas os desdobramentos atuais nos mercados emergentes foram estressantes para eles", acrescentou.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 0,09 por cento, a 6.538 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,39 por cento, para 9.373 pontos.   Continuação...