BBVA e rivais espanhóis registram recuperação de lucro em 2013

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014 07:39 BRST
 

MADRI/BARCELONA (Reuters) - O segundo maior banco da Espanha, BBVA, e o rival menor Caixabank anunciaram nesta sexta-feira saltos de lucros em 2013, apoiados em redução de provisões para perdas com créditos imobiliários e melhora nos ganhos com financiamentos.

Os resultados do BBVA ecoaram os do Santander na quinta-feira, que mostraram sinais de que as atividades de crédito dos bancos espanhóis estão se recuperando, embora eles ainda enfrentem desafios e alta da inadimplência no quarto trimestre.

A economia espanhola cresceu pelo segundo trimestre seguido nos últimos três meses de 2013 e a recuperação deve começar a ser sentida nos bancos mesmo com a taxa de desemprego ainda alta.

"O cenário para 2014 melhorou significativamente", disse o presidente do conselho do BBVA, Francisco Gonzalez, acrescentando que o banco viu a demanda por crédito subir.

O BBVA, que têm parte de seu lucro vindo do exterior, disse que a receita líquida de juros cresceu cerca de 6 por cento, para 3,7 bilhões de euros, entre outubro e dezembro, ante os três meses imediatamente anteriores, levemente acima do que esperavam analistas.

Porém, o banco teve um prejuízo de 849 milhões de euros no quarto trimestre, após registrar encargos da venda de uma participação de 5 por cento no chinês CITIC Bank.

No acumulado de 2013, o lucro líquido do BBVA ficou em 2,2 bilhões de euros, alta de um terço sobre 2012.

O Caixabank, com sede em Barcelona, também reportou melhora na receita líquida de juros no quarto trimestre, comparado com o terceiro, e seu lucro em 2013 mais que dobrou, para 503 milhões de euros.