Toyota diz a agência dos EUA que problema em assento pode causar recall

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014 10:29 BRST
 

DETROIT, 31 Jan (Reuters) - A Toyota alertou autoridades de segurança dos Estados Unidos de que o material dos assentos em vários veículos, incluindo seu mais vendido sedan Camry, não atende padrões de retardamento de fogo e pode resultar em um recall.

A Toyota disse na quinta-feira que parou de vender oito veículos de modelos recentes equipados com aquecedores de assento na América do Norte na sequência de um alerta sobre risco de fogo de autoridades de segurança sul-coreanos. A maior montadora do mundo disse não acreditar, no entanto, que seria necessário um recall.

A Coreia do Sul tem os mesmos padrões de retardamento de fogo usados nos EUA, onde os carros foram fabricados a partir de agosto de 2012. Alguns dos modelos fabricados nos EUA foram exportados à Coreia do Sul.

A montadora japonesa disse que não há relatos de incêndios ou ferimentos relacionados ao problema. O padrão de segurança exige uma certa taxa de queima à medida que uma chama se move pelo material de um aquecedor de assento.

A Toyota disse que o número de veículos afetados em suas concessionárias nos EUA totalizam cerca de 36.000, ou por volta de 13 por cento do estoque das concessionárias, mas isso não inclui veículos sendo transportado para lojas ou aqueles já vendidos a consumidores. Apenas nos EUA, o número de veículos afetados pode ultrapassar 111.000, de acordo com a empresa de pesquisa Kelley Blue Book.

(Por Ben Klayman e Yoko Kubota)