Fisher, do Fed: países como Brasil vão ter tempos difíceis

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014 18:04 BRST
 

FORT WORTH, Texas, 31 Jan (Reuters) - México, Polônia e outros países que usaram o dinheiro barato dos programas de recompras de títulos do Federal Reserve, banco central norte-americano, para reestruturar suas economias irão se sair bem, à medida que o Fed reduz os estímulos, disse uma importante autoridade da instituição nesta sexta-feira.

Outros países, como o Brasil, que usaram o dinheiro barato para ampliar o consumo, terão tempos difíceis, disse o presidente do Fed de Dallas, Richard Fisher, membro votante do painel de política monetária do Fed, na Neeley School of Business, da Texas Christian University.

O Fed não faz política monetária baseada nas necessidades de outros países, afirmou Fisher, alguns dos quais têm experimentado turbulências nos mercados enquanto o BC dos Estados Unidos reduz seu programa de compras de títulos.

"Não está ao nosso alcance ser o banco central do mundo", disse ele.

 
O presidente do Federal Reserve de Dallas, Richard Fisher, em foto tirada no ano passado. Nesta sexta-feira, a autoridade afirmou que países como o Brasil, usaram o dinheiro barato dos programas de recompras de títulos do Fed para ampliar o consumo terão tempos difíceis. 16/03/2013 REUTERS/Jonathan Ernst