Algodão tem maior alta mensal em quase 3 anos, diz Cepea

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014 19:06 BRST
 

SÃO PAULO, 31 Jan (Reuters) - O indicador do algodão em pluma da Esalq/BM&FBovespa fechou o mês de janeiro com alta de 8 por cento, o maior aumento mensal desde fevereiro de 2011, por conta de estoques apertados no mercado brasileiro e da firme demanda, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Universidade de São Paulo.

Nesta sexta-feira, o indicador fechou a 2,2986 reais por libra-peso (para pagamento em oito dias, pluma 41-4 posta na cidade de São Paulo), nível que não era atingido desde junho de 2011.

"A elevação tem sido motivada pela combinação de baixos estoques com demanda firme, num período em produtores estão focados no plantio da nova safra", segundo a nota do Cepea nesta sexta-feira.

"Contribuem para os reajustes também o aumento das paridades de exportação e importação, puxadas tanto pelos preços externos quanto pelo câmbio."

Segundo os pesquisadores do Cepea, as altas recentes podem animar os produtores que decidiram retomar áreas dedicadas a outras culturas na safra passada.

No início de janeiro, a Conab estimou um aumento de 20 por cento na área plantada com algodão em 2013/14, para 1,077 milhão de hectares.

A safra passada (2012/13) registrou uma queda de mais de 30 por cento na produção da pluma, para 1,29 milhão de toneladas, por conta de uma expressiva redução no plantio.

(Por Roberto Samora)