Crescimento da indústria dos EUA desacelera em janeiro, mostra PMI

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014 12:16 BRST
 

NOVA YORK, 3 Fev (Reuters) - O crescimento da indústria dos Estados Unidos desacelerou em janeiro, após atingir a máxima em 11 anos no mês anterior, com arrefecimento na produção e na demanda externa, mostrou o Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) divulgado nesta segunda-feira.

O Markit informou que o PMI final para a indústria dos EUA caiu para 53,7 em janeiro, confirmando leitura preliminar. O índice havia atingido 55,0 em dezembro, máxima em 11 meses. Leituras acima de 50 indicam expansão.

A produção caiu para 53,5, mínima em quatro meses, ante 57,5. Algumas empresas atribuíram o ritmo mais lento de crescimento ao clima extremamente frio em boa parte do país.

Por sua vez, os novos pedidos de exportação caíram pela primeira vez desde outubro.

Contudo, as empresas contrataram novos funcionários pelo sétimo mês seguido, embora o ritmo tenha diminuído um pouco, com o subíndice recuando para 53,2, ante 54,0.

"O ritmo de criação de empregos permaneceu sólido e ficou apenas levemente abaixo da recente alta de dezembro", disse o Markit em comunicado.

(Reportagem de Steve C. Johnson)