Manufatura dos EUA desacelera em janeiro por novos pedidos, mostra ISM

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014 14:00 BRST
 

NOVA YORK, 3 Fev (Reuters) - A atividade manufatureira dos Estados Unidos cresceu em janeiro a um ritmo bem mais lento, com o avanço dos novos pedidos despencando para o menor nível em 33 anos e levando toda a atividade fabril para mínima em oito meses, mostrou pesquisa do Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês).

O indicador de atividade fabril nacional caiu a 51,3 no mês passado, menor nível desde maio de 2013, ante 56,5 visto em dezembro. O número de janeiro veio abaixo do esperado em pesquisa Reuters, de 56.

 
Funcionários da Boeing na Carolina do Sul passam na frente dos motores de um 787 Dreamliner em processo de fabricação. A atividade manufatureira dos Estados Unidos cresceu em janeiro a um ritmo bem mais lento, com o avanço dos novos pedidos despencando para o menor nível em 33 anos e levando toda a atividade fabril para mínima em oito meses, mostrou pesquisa do Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês). 19/12/2013 REUTERS/Randall Hill