Lufthansa pede que UE bloqueie possível aliança entre Alitalia e Etihad

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014 15:02 BRST
 

FRANKFURT, 3 Fev (Reuters) - A Lufthansa, maior empresa aérea da Alemanha, pediu a reguladores europeus que bloqueiem os planos da estatal de Abu Dhabi Etihad Airways de investir na deficitária Alitalia , dizendo que isso iria implicar em competição injusta.

A Etihad, que comprou participações em empresas aéreas ao redor do mundo incluindo a Air Berlin, Aer Lingus e Virgin Australia, disse neste domingo que está nos estágios finais do processo que pode resultar num investimento na Alitalia.

A Lufthansa tem feito lobby contra empresas aéreas estatais do Golfo como Etihad, Emirates e Qatar Airways, e suas rápidas expansões na Europa, e já disse no passado que ela se beneficiam de ajuda estatal injusta.

"Rejeitamos os subsídios recorrentes e renacionalização parcial das companhias aéreas europeias, seja por Estados europeus ou por Estados ou empresas estatais de fora da União Europeia", disse.

O ministro dos transportes italiano, Maurizio Lupi, rebateu as críticas da empresa alemã.

"As preocupações da Lufthansa sobre um acordo com a Etihad apenas confirmam que a Alitalia está no caminho certo", disse ele em um comunicado.

A Comissão Europeia não respondeu de imediato a pedidos de comentários.

(Por Victoria Bryan)