CEO da Barclays rejeita bônus por 2013

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014 15:53 BRST
 

LONDRES, 3 Fev (Reuters) - O presidente-executivo da Barclays Antony Jenkins afirmou ter recusado um bônus por 2013 devido aos custos incorridos pelo banco para lidar com questões pendentes e a captação de recursos na ordem de 6 bilhões de libras.

"Conclui que não seria correto, tendo em vista as circunstâncias, aceitar um bônus por 2013. Assim, recusei respeitosamente a quantia oferecida a mim pelo Conselho", disse Jenkins em comunicado, nesta segunda-feira.

(Reportagem de Steve Slater)