Wall St tem pior queda desde junho por dados fracos da atividade manufatureira nos EUA

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014 20:32 BRST
 

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK, 3 Fev (Reuters) - As ações nos Estados Unidos caíram nesta segunda-feira, com o índice S&P 500 sofrendo sua pior queda desde junho, após dados mais fracos do que o esperado sobre a atividade manufatureira na maior economia do mundo darem aos investidores a mais recente razão para se afastarem de ativos mais arriscados.

O índice Dow Jones recuou 2,08 por cento, para 15.372 pontos e o S&P 500 perdeu 2,28 por cento, aos 1.741 pontos. O termômetro do setor de tecnologia Nasdaq caiu 2,61 por cento, para 3.996 pontos.

A atividade manufatureira dos EUA cresceu em janeiro a um ritmo mais lento, com o avanço dos novos pedidos despencando para o menor nível em 33 anos, enquanto os projetos de construção cresceram levemente em dezembro.

O sentimento dos investidores piorou acentuadamente após os dados da atividade manufatureira, elevando o custo de proteção contra queda do S&P ao seu nível mais alto em quase quatro meses. O índice de volatilidade da CBOE saltou 16,5 por cento, para 21,44, seu nível mais alto desde dezembro de 2012.

"Nada está preservado hoje - uma vez que o mercado começou a vender, foi isso", disse Keith Bliss, vice-presidente sênior da Cuttone&Co, em Nova York.

Os investidores também estão temerosos com as perspectivas para os mercados emergentes, onde a recente queda das moedas levou alguns bancos centrais a elevar as taxas de juros ou intervir nos mercados para limitar as oscilações. Isso, por sua vez, pressionou títulos e ações e forçou os investidores buscarem ativos relativamente seguros, como o iene e o franco suíço.

(Por Chuck Mikolajczak)