BC da Austrália fecha as portas para cortes de juros

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014 07:36 BRST
 

Por Wayne Cole

SYDNEY, 4 Fev (Reuters) - O banco central da Austrália manteve sua principal taxa de juros na mínima recorde de 2,5 por cento nesta terça-feira como esperado, mas surpreendeu alguns ao afirmar que mais cortes não estão em jogo, deixando de lado seu viés de afrouxamento.

O dólar australiano saltou mais de meio centavo de dólar depois que o BC australiano também aliviou sua campanha retórica para uma moeda mais fraca, afirmando apenas que uma recente queda vai ajudar a economia se for sustentada.

"No julgamento do conselho, a política monetária está configurada apropriadamente para promover o crescimento sustentável da demanda e a inflação resultar consistente com a meta", disse o presidente do BC, Glenn Stevens, em comunicado.

"Com as indicações atuais, o curso mais prudente é provavelmente um período de estabilidade das taxas de juros."

O BC havia afirmado anteriormente que permanecia aberto à possibilidade de outro corte se necessário. Entretanto, sinais de uma melhora na economia combinados com uma leitura surpreendentemente alta da inflação no último trimestre provocaram especulações de que deixaria de lado o viés de afrouxamento desta vez.