Japão terá 2% de inflação na 2ª metade do ano fiscal de 2014, diz presidente do BC

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014 07:39 BRST
 

TÓQUIO, 4 Fev (Reuters) - O presidente do banco central do Japão, Haruhiko Kuroda, destacou nesta terça-feira que o país verá inflação de 2 por cento por volta da segunda metade do ano fiscal de 2014 até o início do ano fiscal de 2015.

"O Japão está fazendo progresso estável na direção (de alcançar) uma inflação de 2 por cento", disse Kuroda ao Parlamento.

O BC japonês ofereceu um forte estímulo monetário em abril do ano passado, prometendo dobrar a base monetária através de agressivas compras de ativos para alcançar uma inflação de 2 por cento em cerca de dois anos, em um país afundado em deflação por 15 anos.

(Reportagem de Leika Kihara e Stanley White)