Lucro da BP cai no 4º tri por margem apertada no refino

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014 10:38 BRST
 

LONDRES, 4 Fev (Reuters) - A BP, quarta maior petroleira ocidental, teve queda no lucro trimestral depois que sua unidade de refino registrou perdas e disse que irá aumentar a previsão contábil para arcar com custos de um derramamento de petróleo nos EUA em 2010 em 200 milhões de dólares.

A companhia britânica informou nesta terça-feira um lucro recorrente de 2,8 bilhões de dólares no quarto trimestre de 2013, 28 por cento abaixo do mesmo período do ano anterior, mas acima da previsão do mercado de 2,7 bilhões de dólares.

O lucro menor da BP está em linha com uma turbulenta temporada de resultados para as grandes empresas do setor de petróleo, que têm tido dificuldade de elevar seus lucros em meio a custos crescentes devido a gastos com a busca por novas reservas e margens apertadas no refino.

A Exxon Mobil reportou um lucro trimestral menor que o esperado na semana passada, enquanto a Chevron e a Shell emitiram em janeiro alertas sobre seus lucros.

A BP disse ainda que a provisão para cobrir os gastos com limpeza, multas e compensações relacionadas ao derramamento de petróleo no Golfo do México, que matou 11 pessoas, subiu para 42,7 bilhões de dólares, ante 42,5 bilhões previstos no ano passado.

A BP disse que a queda em seu lucro, que foi afetado por condições difíceis na sua unidade de refino e por custos associados com o início das operações da refinaria Whiting, nos EUA, foram parcialmente compensados por lucros maiores da petroleira russa Rosneft, na qual a BP detém participação.

(Reportagem de Sarah Young)