Desembolsos do BNDES sobem 22% em 2013 e atingem R$190,4 bi

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014 18:05 BRST
 

SÃO PAULO, 4 Fev (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou nesta terça-feira que seus empréstimos em 2013 totalizaram 190,4 bilhões de reais, alta de 22 por cento sobre 2012, com maior expansão do setor agropecuário, impulsionado por safra recorde.

De acordo com o banco, todos os setores apoiados tiveram crescimento nas liberações no ano passado. A indústria respondeu por 30 por cento do total liberado (58 bilhões de reais) e a infraestrutura por 33 por cento (62,2 bilhões de reais), aumentos de 22 por cento e 18 por cento, respectivamente, na comparação com o ano anterior.

A maior expansão relativa ocorreu no setor agropecuário (alta de 64 por cento), com total de 18,6 bilhões de reais, segundo o banco, refletindo o forte volume de investimentos no campo, devido à safra recorde em 2013.

Já para o setor de comércio e serviços, foram liberados 51,5 bilhões de reais, incremento de 17 por cento.

Os desembolsos para micro, pequenas e médias empresas subiram 27 por cento no ano passado na comparação anual, em um total de 63,5 bilhões de reais, o equivalente a 33 por cento das liberações totais.

Segundo o banco de fomento, as aprovações de empréstimos em 2013 caíram 8 por cento, para 239,6 bilhões de reais. Já as consultas e os enquadramentos no ano passado tiveram recuo de 11 e de 7 por cento, respectivamente.

O BNDES disse, em comunicado, que a queda nas aprovações, consultas e enquadramentos em 2013 é "explicada pela alta base de comparação e também sinaliza cenário de maior moderação nos desembolsos do banco em 2014".