Produção de café da Colômbia cresce 15% em janeiro com renovação de plantações

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014 14:34 BRST
 

BOGOTÁ, 5 Fev (Reuters) - A produção de café da Colômbia subiu 15 por cento em janeiro ante um ano atrás para seu maior nível nesse mês nos últimos sete anos, impulsionada por um programa de renovação de plantações e aumento da produtividade, disse nesta quarta-feira a Federação Nacional de Cafeicultores.

Em janeiro, a Colômbia produziu 1,01 milhão de sacas de 60 quilos, em comparação com 877 mil sacas no mesmo mês de 2013.

"A renovação dos cafezais realizada pelos produtores não só tem permitido ter árvores mais jovens e resistentes a doenças como o fungo de ferrugem e os efeitos do clima, mas também tem sido fator fundamental para o aumento da produtividade por hectare", disse a federação.

"A produtividade média das lavouras de café tem aumentado, passando de 11,1 sacas de café verde por hectare produtivo em 2012 para 14,1 sacas ao final de 2013, o que representou um aumento de 27 por cento", disse a organização que reúne os produtores.

As exportações de café da Colômbia subiram 30 por cento em janeiro na comparação anual, para 967 mil sacas de 60 kg, contra 743 mil sacas no mesmo mês do ano passado.

A Colômbia, importante produtor de café suave e de alta qualidade, registrou em 2013 uma safra de 10,9 milhões de sacas, um crescimento de 41 por cento, que marcou a maior produção em 36 anos.

A produção colombiana recuperou seus níveis históricos, após quatro anos consecutivos sem atingir volumes esperados.

A colheita de café na Colômbia nos 12 meses encerrados em janeiro, superou 11 milhões de sacas, alta 36 por cento em comparação a 8,1 milhões de sacas no mesmo período do ano anterior.

No acumulado de 12 meses, as exportações atingiram 9,89 milhões de sacas, 34 por cento acima dos 7,37 milhões de sacas em igual período do ano anterior.

A Colômbia espera para 2014 safra semelhante à que foi registrada no ano anterior.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)