Lucros da AstraZeneca rumam para queda com perdas de patentes

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014 10:40 BRST
 

Por Ben Hirschler

LONDRES, 6 Fev (Reuters) - A AstraZeneca espera que seus lucros continuem a cair em 2014 à medida que a concorrência de genéricos contra seu popular medicamento para azia e úlcera Nexium comece a tirar uma parte grande de seus lucros nos Estados Unidos a partir de maio.

A fabricante britânica de medicamentos disse nesta quinta-feira que as vendas do grupo este ano vão provavelmente cair por um percentual de um dígito baixo a médio, com o lucro por ação ficando "nas dezenas", pela perda de drogas tão lucrativas.

"No curto prazo estes ventos contrários permanecerão desafiadores, no entanto estou confiante de que podemos voltar ao crescimento mais rapidamente do que o esperado", disse o presidente-executivo Pascal Soriot.

Ele reiterou uma previsão de que a receita em 2017 ficará em geral em linha com 2013 e disse que um programa de reestruturação agora foi ampliado para entregar um total de 1,1 bilhão de dólares em benefícios anuais.

As vendas gerais no quarto trimestre de 2013 caíram 6 por cento a 6,84 bilhões de dólares, gerando lucros "principais", que excluem certos itens, de 1,23 dólar por ação, uma queda de 28 por cento.

Analistas do setor haviam projetado em média vendas trimestrais de 6,88 bilhões de dólares e lucro de 1,16 dólar por papel, de acordo com a Thomson Reuters.