ArcelorMittal vê lucro maior 2014 com crescimento na Europa

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014 09:01 BRST
 

BRUXELAS (Reuters) - A ArcelorMittal, maior grupo siderúrgico do mundo, prevê alta no lucro de 2014 puxado por vendas maiores de aço e minério de ferro e diante de uma recuperação da Europa após dois anos de declínio.

A companhia, que produz entre 6 e 7 por cento do aço no mundo e serve como um termômetro do estado da manufatura global, disse que o consumo global de aço deve crescer entre 3,5 e 4 por cento em 2014 ante 3,5 por cento no ano passado.

A siderúrgica fez uma previsão de desaceleração do crescimento do consumo no Brasil e na China, mas vê uma melhoria modesta de 1,5 a 2,5 por cento na União Europeia após quedas em 2012 e 2013.

O presidente-executivo da ArcelorMittal, Lakshmi Mittal, disse em um comunicado que a companhia sediada em Luxemburgo está cautelosamente otimista sobre suas perspectivas em 2014.

A ArcelorMittal, mais que duas vezes maior que sua rival mais próxima, divulgou lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de quarto trimestre de 1,91 bilhão de dólares, ultrapassando a expectativa média de 1,80 bilhão obtida em uma pesquisa da Reuters com analistas.

A ArcelorMittal havia informado anteriormente que esperava que o Ebitda em 2013 ultrapassaria 6,5 bilhões de dólares, e os números acabaram alcançando 6,89 bilhões de dólares.

A companhia disse que este número subirá para 8 bilhões de dólares em 2014, em linha com uma estimativa média obtida pela Thomson Reuters I/B/E/S de 8,1 bilhões de dólares.

A siderúrgica disse que essa projeção está baseada em um aumento de 3 por cento em vendas de aço, um crescimento de 15 por cento nas vendas de minério de ferro, preços médios de minérios em linha com o consenso no mercado e um crescimento moderado nas margens com aço.