SSAB diz que mercado europeu de aço se recuperará; tem perdas no 4º tri

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014 11:49 BRST
 

ESTOCOLMO, 7 Fev (Reuters) - A produtora de aço de alta resistência SSAB divulgou seu sexto prejuízo trimestral consecutivo nesta sexta-feira, mas disse que as perspectivas estavam ligeiramente melhores e que mesmo o mercado duramente atingido da Europa chegou ao ponto mais baixo e deve se recuperar.

Embora siderúrgicas venham enfrentando fraqueza nos preços e na demanda há vários anos, uma recuperação econômica em muitas partes do mundo melhorou o sentimento recentemente, apesar de que o excesso de capacidade --em cerca de 200 milhões de toneladas de aço ao ano globalmente-- deve continuar a derrubar os preços.

A sueca SSAB, que no mês passado acertou a compra da rival Rautaruukki para ganhar em escala e eficiência, disse que tendências positivas eram visíveis na América do Norte, onde a empresa elevou os preços, e na Ásia, apesar da desaceleração do crescimento chinês.

Mesmo a Europa, a região mais atingida onde o consumo de aço caiu cerca de 4 por cento no ano passado e está em torno de 30 por cento abaixo de um pico atingido em 2007, mostra sinais de recuperação.

A Eurofer, a associação regional de aço da Europa, espera que o consumo na UE cresça em cerca de 3 por cento em 2014 conforme o ritmo da recuperação econômica se acelera.

A SSAB registrou um prejuízo operacional de 282 milhões de coroas suecas (43,42 milhões de dólares), em comparação a um prejuízo de 665 milhões de coroas no mesmo período do ano anterior e uma previsão média de prejuízo de 154 milhões de coroas em uma pesquisa da Reuters.

(Por Simon Johnson)