Barclays abre investigação após vazamento de dados de clientes

domingo, 9 de fevereiro de 2014 09:38 BRST
 

Por Sarah Young

LONDRES, 9 Fev (Reuters) - O Barclays informou que abriu uma investigação depois de um jornal ter noticiado que os detalhes pessoais de 27 mil clientes foram roubados e vendidos, levantando a perspectiva de novas multas para o banco.

Informações confidenciais das rendas e saúde dos clientes, assim como detalhes de passaportes, acabaram sendo vendidos, noticiou o The Mail no domingo, citando dados fornecidos por um autor da denúncia.

O Barclays disse que notificou reguladores e iniciou uma investigação, sendo que as informações iniciais sugerem que os arquivos estavam ligados ao negócio de Planejamento Financeiro do Barclays, que foi fechado em 2011.

"Essa parece ser uma ação criminal e vamos cooperar com as autoridades na busca do perpetrador", disse o banco em comunicado no domingo.

O vazamento de dados é um novo golpe para o banco britânico depois de uma série de escândalos, como por exemplo por manipular taxas de juros referenciais, que resultaram em multas de bilhões de libras e pagamentos de compensações.