Produção de fertilizantes da russa Phosagro cresce 9% em 2013

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014 12:48 BRST
 

MOSCOU, 10 Fev (Reuters) - A fabricante russa de fertilizantes Phosagro disse nesta segunda-feira que sua produção total de fertilizantes subiu 9 por cento para 5,9 milhões de toneladas e prevê o retorno à normalidade nos preços depois da instabilidade do ano passado.

O segundo maior produtor global de fertilizantes fosfatados disse que as vendas do nutriente cresceram 11 por cento em 2013, também para 5,9 milhões de toneladas.

A quebra da aliança entre Rússia e Belarus para vendas de potássio afetou o mercado global de fertilizantes em 2013, mas o efeito está diminuindo, disse o presidente-executivo da Phosagro, Andrey Guryev, em comunicado.

"Estamos vendo os preços dos principais fertilizantes à base de fosfato se normalizarem com a demanda, sustentados pela solidez na economia agrícola, retomada antes da temporada de plantio em importantes mercados", disse Guryev.

O Brasil, quarto maior consumidor global de fertilizantes, importou 21,6 milhões de toneladas em 2013, alta de 10 por cento ante o ano anterior. A importação dos produtos fosfatados cresceu 20,5 por cento no período.

(Por Alessandra Prentice)