Ações europeia têm leve alta, à espera de pistas sobre estímulo dos EUA

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014 16:03 BRST
 

Por Blaise Robinson

PARIS, 10 Fev (Reuters) - As ações europeias fecharam praticamente estáveis nesta segunda-feira, dando uma pausa depois da alta acentuada registrada nas duas sessões anteriores, com os investidores aguardando pistas sobre o ritmo em que o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, planeja cortar ainda mais seu estímulo monetário.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, fechou com variação positiva de 0,08 por cento, a 1.301 pontos.

As blue-chips espanholas Banco Santander, BBVA e Telefónica --que têm forte exposição na América Latina-- recuaram mais de 1 por cento, com operadores citando preocupações com moedas locais, como o real, que se desvalorizava nesta sessão.

"É melhor afastar-se de ações com exposição a mercados emergentes, onde os problemas podem estar apenas começando", disse o analista de mercados do Brown Editore, Riccardo Designori.

A nova chairwoman do Fed, Janet Yellen, discursará pela primeira vez à Câmara dos Deputados na terça-feira e ao Senado na quinta-feira. O banco central fez dois cortes no programa de compra de ativos desde dezembro, encorajado pelo fôlego da economia no fim de 2013.

Mas após dados macroeconômicos mistos, incluindo o relatório de emprego mais fraco do que o esperado divulgado na sexta-feira e turbulências em mercados emergentes, investidores buscarão pistas sobre se o Fed pode pausar o processo de remoção do estímulo.

"Todo mundo está aguardando o discurso de Yellen e o grande foco estará na interpretação dos dados mais recentes de emprego", disse o analista do FXCM, Vincent Ganne.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,30 por cento, a 6.591 pontos.   Continuação...