Termelétricas elevam geração em 48% em 2013 ante 2012

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014 13:43 BRST
 

SÃO PAULO, 12 Fev (Reuters) - As usinas termelétricas tiveram um aumento de 48,1 por cento na geração em 2013, a 13.035 megawatts (MW) médios, ano em que ficaram fortemente acionadas para ajudar na recuperação dos reservatórios das hidrelétricas, a níveis baixos até hoje.

As informações são do Boletim de Operação de Usinas da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) divulgado nesta quarta-feira.

No ano passado, a usinas movidas a óleo e biocombustíveis tiveram um aumento de 131,6 por cento na geração ante 2012, as térmicas a gás geraram 57,6 por cento a mais, e as térmicas a carvão mineral elevaram a geração em 85,9 por cento.

Considerando todas as fontes de geração de energia do país, houve elevação de 3 por cento, a 61.323 MW médios, em 2013 -- ano em que o Brasil encerrou com 123.973 megawatts (MW) de capacidade instalada em operação comercial, de 1.064 usinas de geração de energia. A garantia física total do sistema é de 64.199 MW médios de energia, informou a CCEE.

As hidrelétricas contabilizam pela maior capacidade de geração, com 86.923 MW. As termelétricas a gás encerraram 2013 com 9.816 MW de capacidade instalada, as usinas a biomassa com 8.870 MW, usinas a óleo e bicombustíveis em 5.297 MW. Pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) e centrais geradoras hidrelétricas somavam 4.805 MW ao final de 2013 e carvão mineral a 3.152 MW. As eólicas tinham 2.181 MW em operação no final de dezembro de 2013, e as nucleares, com 2.007 MW.

No ano de 2013, 104 novas usinas foram consideradas no sistema da CCEE, acréscimo de 10,8 por cento no número de usinas em operação ante o final de 2012. Já a capacidade instalada do parque gerador brasileiro apresentou acréscimo de 5,1 por cento, ou 6.009 MW, entre dezembro de 2012 e o mesmo mês de 2013.

O total de capacidade instalada outorgada é de 130.724 MW, maior que o total em operação. Essa diferença é explicada principalmente por 6.115 MW das hidrelétricas Jirau e Santo Antônio pendentes de motorização.

O levantamento não considera 594 MW em capacidade instalada de usinas eólicas do 2º Leilão de Fontes Alternativas e 630 MW do 2º e 3º Leilões de Energia de Reserva que estão aptas a operar mas aguardam conclusão do sistema de transmissão para o escoamento de sua energia.

PRODUÇÃO DE ENERGIA   Continuação...

 
Marcadores d'água indicando onde o nível costumava ficar vistos na represa de Jaguary durante um longo período de seca em São Paulo. As usinas termelétricas tiveram um aumento de 48,1 por cento na geração em 2013, a 13.035 megawatts (MW) médios, ano em que ficaram fortemente acionadas para ajudar na recuperação dos reservatórios das hidrelétricas, a níveis baixos até hoje. 31/01/2014 REUTERS/Nacho Doce