Bovespa fecha no vermelho com ajuste e realização de lucros após alta da véspera

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014 18:00 BRST
 

Por Priscila Jordão

SÃO PAULO, 12 Fev (Reuters) - A Bovespa fechou no campo negativo nesta quarta-feira, com investidores realizando lucros após a alta da véspera, apesar de dados positivos sobre o comércio exterior da China.

O Ibovespa caiu 0,51 por cento, a 48.216 pontos. O giro financeiro do pregão foi de 12,18 bilhões de reais, inflado pelo exercício de opções sobre Ibovespa e o vencimento de índice futuro, que contribuiu para deixar a sessão mais volátil.

Dados mostrando que as exportações e importações chinesas subiram mais que o esperado em janeiro repercutiram positivamente sobre as praças financeiras globais, mas não bastaram para impulsionar a Bovespa. A China é o principal destino para as exportações brasileiras.

O Ibovespa abriu em alta, porém logo devolveu os ganhos e passou a orbitar a estabilidade, antes de entrar com mais força no vermelho.

"Ontem (terça-feira) subiu demais sem grandes motivos e hoje acaba corrigindo, mesmo com os números bons de China", disse o operador de renda variável Luiz Roberto Monteiro, da Renascença DTVM.

Na véspera, o Ibovespa subiu 1,58 por cento, amparado em forte avanço das ações da Petrobras e após discurso da nova chair do banco central norte-americano, Janet Yellen, vir em linha com o esperado.

Segundo o gerente de renda variável da H. Commcor, Ariovaldo Santos, investidores venderam neste pregão ações como BB Seguridade para realizar os ganhos da véspera, quando o papel subiu 4,25 por cento, favorecido por resultados fortes no quarto trimestre de 2013.

Sabesp também devolveu parte dos ganhos de terça-feira, quando avançou sob expectativas de que a Agência Reguladora de Saneamento e Energia de São Paulo (Arsesp) fosse divulgar proposta para o preço máximo inicial e o fator de eficiência da revisão tarifária da empresa de saneamento.   Continuação...