13 de Fevereiro de 2014 / às 10:19 / 4 anos atrás

Em negócio de US$2,94 bi, Embraer fecha primeira grande venda na Índia

Operários trabalham em linha de montagem da Embraer, em São José dos Campos, São Paulo. A Embraer, maior fabricante de aeronaves regionais do mundo, fechou seu primeiro grande acordo com uma companhia aérea indiana, a Air Costa, por 50 jatos num valor total de 2,94 bilhões de dólares. 14/05/2013. REUTERS/Nacho Doce

CINGAPURA, 13 Fev (Reuters) - A Embraer, maior fabricante de aeronaves regionais do mundo, fechou seu primeiro grande acordo com uma companhia aérea indiana, a Air Costa, por 50 jatos num valor total de 2,94 bilhões de dólares.

A Air Costa será a primeira cliente na Índia do E-Jet E2, a versão atualizada e remotorizada da companhia, quando receber sua primeira aeronave em 2018, disseram representantes da companhia em uma coletiva de imprensa durante a feira de aviação de Cingapura.

A companhia aérea fez pedido por 25 jatos E190 E2 e 25 E195 E2, com capacidades entre 98 e 118 passageiros, e tem opção de pedir outros 50 jatos. A companhia aérea, que opera três das versões atuais do E190, planeja obter quatro aeronaves a cada ano com empresas de leasing até 2018 para atender seus planos de crescimento.

O acordo é um impulso para a Embraer, que atingiu suas metas de entregas em seus segmentos comercial e executivo no ano passado após um salto nas vendas no quarto trimestre.

Por Siva Govindasamy e Anshuman Daga

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below