BC tem ajustado os juros para combater a inflação, diz Carlos Hamilton

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014 16:06 BRST
 

Por Luciana Otoni

CURITIBA, 13 Fev (Reuters) - O Banco Central tem ajustado os juros para combater a inflação que, apesar de estar se deslocando para a meta, essa convergência ainda não está refletida nas projeções do banco, disse nesta quinta-feira o diretor de Política Econômica da autoridade monetária, Carlos Hamilton Araújo.

"Prefiro focar na fala do presidente (do BC, Alexandre Tombini) de que estamos usando os juros para enfrentar a inflação", afirmou o diretor ao ser questionado por jornalistas sobre eventual uso de outros instrumentos no combate à alta dos preços.

O diretor acrescentou ainda que a Selic é o instrumento de que o BC dispõe "para tratar de questões inflacionárias".

Em entrevista à revista Exame publicada nesta quinta-feira, Tombini disse que "o Banco Central vai ajustar seus instrumentos para trazer a inflação para baixo e mantê-la sob controle. Mas dependemos do cenário externo."

A meta de inflação do governo é de 4,5 por cento pelo IPCA, com margem de 2 pontos percentuais para mais ou menos.

A partir de abril do ano passado, o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC retirou a Selic da mínima histórica de 7,25 por cento ao ano e elevou-a para o atual patamar de 10,5 por cento, num aperto monetário para conter a escalada preços.

Mesmo após esse aperto, a inflação continua mostrando resistência, com indicação de nova alta na taxa básica de juros na reunião do comitê marcada para a última semana de fevereiro.

No mês passado, o IPCA foi a 0,55 por cento e, em 12 meses, a 5,59 por cento, abaixo do previsto para o mercado, mas ainda em meio a um cenário de resistência dos preços ao atual ciclo de aumento dos juros.   Continuação...

 
Notas de 20 e 10 reais expostas na sede do Banco Central em Brasília. O Banco Central tem ajustado os juros para combater a inflação que, apesar de estar se deslocando para a meta, essa convergência ainda não está refletida nas projeções do banco, disse nesta quinta-feira o diretor de Política Econômica da autoridade monetária, Carlos Hamilton Araújo. 23/07/2012 REUTERS/Cadu Gomes