Biosev registra prejuízo trimestral de R$203,7 mi; moagem recua

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014 20:11 BRST
 

SÃO PAULO, 13 Fev (Reuters) - A Biosev, uma das maiores empresas do setor de açúcar e etanol do Brasil, registrou prejuízo de 203,7 milhões de reais no terceiro trimestre do ano-safra 2013/14, contra prejuízo de 163,7 milhões no mesmo etapa da temporada anterior, segundo informação divulgada nesta quinta-feira ao mercado.

O resultado negativo ocorreu devido a 141,9 milhões de reais de créditos não reconhecidos de imposto de renda e contribuição social diferidos, segundo a companhia.

No trimestre, o Ebitda ajustado foi de 258,6 milhões de reais, queda de 36 por cento ante o mesmo período do ano anterior, em meio a uma baixa na moagem e aumento da participação de cana de terceiros no total processado.

A moagem trimestral somou 7,3 milhões de toneladas, uma queda de 17,2 por cento, sendo que a maior parte da retração se deve às geadas ocorridas em Mato Grosso do Sul na segunda quinzena de julho de 2013, que afetaram a safra.

Além disso, na temporada anterior, a empresa contou com a moagem de uma usina vendida que respondeu por 900 mil toneladas na safra 12/13.

A produção de açúcar no trimestre somou 358 mil toneladas, queda de 44,2 por cento. A produção trimestral de etanol somou 309 mil metros cúbicos, recuo de 3 por cento.

No trimestre, a receita líquida foi de cerca de 1 bilhão de reais, crescimento de 3,6 por cento, com melhores preços de açúcar e etanol, o que compensou a redução de 6 por cento nos volumes de vendas.

(Por Roberto Samora)