Wall St culpa clima por dados econômicos fracos e ações sobem nos EUA

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014 20:13 BRST
 

Por Ryan Vlastelica

NOVA YORK, 13 Fev (Reuters) - As bolsas norte-americanas fecharam em alta nesta quinta-feira, com o Nasdaq em alta pela sexta sessão consecutiva e investidores culpando o clima, e não os fundamentos econômicos, pelos recentes dados decepcionantes de emprego e gastos dos consumidores.

O índice Dow Jones subiu 0,40 por cento, a 16.027 pontos, enquanto que o S&P 500 teve valorização de 0,58 por cento, a 1.829 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq ganhou 0,94 por cento, a 4.240 pontos.

O Nasdaq acumula alta de cerca de 5,7 por cento nas últimos seis sessões, o seu melhor avanço no período de seis dias desde dezembro de 2011. Tanto o Dow como o S&P 500 subiram em cinco dos últimos seis pregões.

Os índices abriram em baixa, mas subiram ao longo da sessão, embora a Cisco Systems, que afundou depois de alertar sobre uma queda na receita, limitou o avanço do Dow.

O papel da Cisco caiu 2,5 por cento, para 22,27 dólares, sendo um dos maiores pesos sobre todos os três principais índices norte-americanos. A fabricante de equipamentos de rede previu queda de 6 a 8 por cento na receita no trimestre atual.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego subiram inesperadamente na semana passada, enquanto as vendas no varejo de janeiro caíram e foram revisadas para baixo em dezembro.

"Os investidores retomaram parte do entusiasmo com as ações que estava perdido nas primeiras semanas do ano, e como o clima está sendo considerado um fator, eles não se importaram com isso (dados fracos)", disse o estrategista-chefe de investimentos da Janney Montgomery Scott, Mark Luschini, na Filadélfia.

Uma forte e fatal tempestade de inverno se movia em direção ao norte ao longo da costa leste dos Estados Unidos nesta quinta-feira, despejando neve pesada, granizo e chuva sobre toda a região de Washington D.C. e Nova York, suspendendo voos e fechando escritórios do governo.

Uma audiência programada para esta quinta-feira no Senado com a chair do Federal Reserve, Janet Yellen, foi adiada devido à nevasca. O testemunho de Yellen na terça-feira ajudou a alimentar fortes ganhos em Wall Street.