Vendas da Volkswagen sobem na Europa e ajudam a compensar Brasil e EUA

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014 10:23 BRST
 

BERLIM, 14 Fev (Reuters) - As vendas do grupo Volkswagen cresceram ao ritmo mais forte em quatro meses em janeiro à medida que as vendas nos principais mercados europeus se recuperaram, compensando quedas de dois dígitos nos Estados Unidos e no Brasil.

As vendas de carros de passeio, utilitários esportivos e vans subiram 6,5 por cento para 798.100 unidades, ante 749.500 no ano passado, informou a montadora nesta sexta-feira.

Na Europa, onde a Volkswagen sofreu uma leve queda de 0,5 por cento nas vendas do grupo no ano passado, o emplacamento de carros incluindo a marca de luxo Audi e a divisão tcheca Skoda subiu 8,5 por cento no mês passado para 273.700 automóveis, de acordo com a companhia.

"Estamos vendo os primeiros crescimentos na Europa, principalmente na Europa Ocidental, onde o movimento de queda parece ter deixado para trás seu nível mais baixo", disse o chefe de vendas da montadora, Christian Klingler.

Analistas e executivos do setor esperam que as vendas na Europa voltem a ter um crescimento de um dígito baixo depois de seis anos de queda, mas acrescentaram que um excesso crônico de capacidade fabril, que deu início a uma guerra de preços, continuará a pressionar a lucratividade das montadoras.

(Por Andreas Cremer)

 
Carros cobertos de neve em concessionária da marca Volkswagen na cidade de Hamm, no oeste da Alemanha. As vendas do grupo Volkswagen cresceram ao ritmo mais forte em quatro meses em janeiro à medida que as vendas nos principais mercados europeus se recuperaram, compensando quedas de dois dígitos nos Estados Unidos e no Brasil. 14/01/2013. REUTERS/Ina Fassbender